Loading...

quinta-feira, 3 de março de 2016

5 boatos espalhados na internet que causaram grandes tragédias

 por Rafael Miranda

8
A maioria de nós já passou tempo demais na internet em nossas vidas. Para alguns de nós é um vício. Muita gente simplesmente não consegue largar desse vício. Tudo o que fazem é passar os seus dias verificando status, comentando e postar atualizações.
Primeiro foi Orkut, em seguida, Facebook, Twitter e Instagram e Snapchat. Nós usamos as redes sociais para um monte de coisas diferentes nos dias de hoje. Nós não mantemos somente uma rede restrita a família e amigos, mas podemos usá-lo para o trabalho e criar novas amizades e relacionamentos.
Esta lista está cheia de pessoas que extrapolaram os limites da internet e acabaram cometendo crimes por causa disso. Conheça 5 casos de pessoas que morreram em decorrência de boatos e escândalos na internet.

Mulher paquistanesa morre após boatos no Facebook

4
Uma multidão paquistanesa incendiou várias casas pertencentes à minoria Ahmadi no leste do país. Durante a revolta, eles mataram uma mulher e suas duas netas. Tudo por causa de boatos espalhados no Facebook.
Os tumultos na cidade de Gujranwala entraram em erupção na noite de domingo depois de boatos de que um Ahmadi tinha postado uma foto polêmica da Kaaba – A estrutura em forma de cubo na Grande Mesquita dentro de Mecca, Arábia Saudita. A postagem afirmava que a foto supostamente continha nudez. As vítimas morreram de asfixia.

Homem morre após postar imagem falsa no Facebook

3
Um pai-de-três foi morto a tiros depois de postar uma foto de sua noiva posando ao lado do que parecia ser US$ 60.000 em dinheiro na mídia social. Tony Harris foi morto depois de invasores armados invadirem sua casa Filadélfia.
A polícia disse que três jovens com armas entraram na casa da vítima, no bloco 1100 da South Street, em Rubi Kingsessing, Filadélfia às 23:30. Dois dos invasores mascarados confrontaram Harris e o terceiro apontou uma arma para sua cabeça para saber onde estava o dinheiro.

Adolescentes matam jovem por causa de redes sociais

5
Uma gangue de adolescente planejou online o assassinato de um jovem de 15 anos chamado Sofyen Belamouadden por causa . Este grupo perseguiu Sofyen antes de perfurá-lo até a morte. A causa foram diversos comentários publicados no Facebook que foram atribuídos ao garoto.

Mulher morta por causa de fotos no MySpace

6
Uma menina de 18 anos chamada Sarah Ludemann foi morta a facadas por Rachel Wade. Sarah estava postando fotos dela com um homem que seria o ex de Rachel. Isso resultou em brigas online e na morte de Sarah.

Homem mata melhor amigo por causa de tweets

7
Dois amigos de infância, Jameg Blake e Kwame Dancy, ambos de 22 anos se apaixonaram por uma garota que fez estes dois amigos se afastarem. Após boatos e comentários maldosos no Twitter, Jameg matou brutalmente Kwame. Após matá-lo, ele ainda postou nas redes sociais: “RIP Kwame”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário