Loading...

domingo, 27 de dezembro de 2015

Chá de amora: previne a hipertensão, diabetes e ajuda emagrecer

 

Além de prevenir a hipertensão arterial e o diabetes, o chá de amora auxilia no emagrecimento. Saiba mais para que serve e todos os seus benefícios.

chá de amora
Quem nunca fez uso de um chá para emagrecer que atire a primeira pedra. Pois bem, o chá de amora é uma forma natural e saudável de perder alguns quilos por mês. A média é de 1,5 kg por semana, mas esse valor pode variar bastante já que depende de outros fatores como dieta e prática de atividades físicas regulares. Também conhecida pelo nome de morango silvestre aqui no Brasil, é mais comum em lugares altos e frios como as regiões do sul e sudeste.
Benefícios da planta

chá de amora
Não só o fruto como também as folhas podem ser aproveitadas. Existem 3 tipos de amora: a branca, a preta e a vermelha, mais comum por aqui. As frutas oferecem bons nutrientes para a saúde, sendo o ferro e a vitamina C destaques. Também é rica em cálcio, ajudando no combate contra a osteoporose. Já as folhas, com as quais é feito o chá, possui uma quantidade significativa de magnésio, cálcio, potássio, fósforo e também vitamina C que ajuda na produção de colágeno e vitamina E, um poderoso antioxidante.

Os benefícios do chá de amora

O chá de amora começou a chamar a atenção dos japoneses, que começaram a estudá-lo e divulgaram os seus benefícios para a população. Os efeitos verificados foram:
  • Previne a hipertensão arterial: por causa do ácido y-aminobutírico, popularmente conhecido como GABA, esse chá consegue promover a normalização da pressão arterial e também evita a elevação da mesma. Outro motivo é que o chá de amora consegue reduzir a quantidade de colesterol circulando no sangue.
  • Antioxidante: como as folhas possuem vitamina E, um potente antioxidante, o uso do chá com certa frequência ajuda a diminuir o risco do desenvolvimento de doenças crônicas e graves como o câncer.
  • Prevenção e tratamento da constipação: mais conhecia como prisão de ventre, a constipação intestinal pode ser bastante acentuada em certas pessoas e causar dores terríveis e afetar outros órgãos. Como o chá de amora é rico em fibras ele ajuda a melhorar o trânsito intestinal e ainda melhora a flora eliminando as bactérias nocivas e mantendo as benéficas.
  • Tem efeito bactericida e anti-inflamatório; também evita a proliferação de fungos.
  • Melhora as defesas: por ser rico em fósforo, magnésio e potássio, esse chá tem o poder de deixar o sistema imune mais potente e além disso, ainda consegue gerar mais energia deixando o indivíduo mais disposto.
  • Previne o diabetes: as folhas da amoreira possuem uma substância chamada de DNJ, que inibe a liberação excessiva de glicose no sangue, regulando assim a liberação de insulina.
  • Prevenção da osteoporose: para aqueles que ainda acham que o leite a melhor fonte de cálcio na alimentação ficará surpreso quando souber que o chá de amora consegue oferecer 22 vezes mais cálcio que o leite.
  • Aliado feminino: o chá de amora consegue aliviar as dores das cólicas menstruais e os sintomas da TPM. Também é eficaz durante a menopausa aliviando os sinais e sintomas como os calores (fogachos) e o ressecamento vaginal.
Chá de amora emagrece mesmo?
O chá de amora não é propriamente um emagrecedor, mas ele pode ser um forte ajudante na briga contra os números da balança. Ele é rico em fibras e leveduras, duas substâncias que reduzem o acúmulo de gordura no corpo, principalmente a gordura marrom. Assim como outros tipos de chás, o chá de amora pode ser bastante eficaz no emagrecimento mas deve vir acompanhado de uma dieta equilibrada e indicada por um profissional. Além disso, a prática de exercícios físicos é essencial.
Como consumir o chá de amora
O chá deve ser consumido e preparado no mesmo dia, se não, no mesmo instante. Independente do tipo de chá, quanto mais tempo passa entre a sua preparação e o consumo, mais nutrientes vão se perdendo. Mas se você não tem tempo de fazer a todo momento, pode fazer 1 litro de chá por dia e beber quente ou gelado 3 vezes ao dia, antes ou depois das principais refeições. Quando tomar o chá de amora pela manhã não se faz necessário consumi-lo em jejum.
Contraindicações
Ainda não há muitos estudos para dizer se há ou não contraindicações para o consumo do chá de amora e casos ainda não foram relatados. Porém, para grupos de maior risco como idosos, gestantes e lactantes é importante que seja realizada uma consulta com o nutricionista associado ao médico especialista.
Como preparar o chá de amora
Para deixar o chá pronto para um dia inteiro você deve ferver um litro de água. Depois coloque nele 3 a 5 folhas da amora (pode ser encontrada em casas de produtos naturais na sua forma seca ou cultivadas) e deixe abafado de 3 a 5 minutos. Depois é só jogar na garrafa térmica ou numa jarra na geladeira. É possível também encontrar a folha em cápsulas e ingerir antes das principais refeições.

Nenhum comentário:

Postar um comentário