Loading...

sábado, 25 de abril de 2015

Chileno grava a primeira erupção do vulcão Calbuco

Vulcão continua instável e expelindo cinzas neste sábado (25).

Mais de 6 mil pessoas tiveram que deixar a região.

Do G1, em São Paulo

Um chileno que passeava no Parque Nacional Alerce Andino gravou a primeira explosão do vulcão Calbuco, na última quarta-feira (23). Ele conseguiu flagrar o momento exato da erupção do vucão, que estava adormecido há mais de 40 anos(veja no vídeo ao lado).
Por volta das 11h da manhã, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as cinzas estavam perto de Porto Alegre. Segundo meteorologistas, os ventos mudaram de direção e isso pode afastar as nuvens de cinza dos estados do sul do Brasil.
O vulcão Calbuco continua instável e expelindo cinzas neste sábado (25), após duas potentes erupções na quarta e quinta-feira, em uma atividade que pode se estender por um longo tempo.

"O vulcão está instável e as erupções devem continuar, principalmente de cinzas", indica o último relatório do Serviço Nacional de Geologia e Minas (Sernageomin).
O vulcão mantém uma emanação de cinzas constante. Na madrugada deste sábado, expeliu material incandescente a partir de sua cratera, segundo relatos de jornalistas da AFP no local.
Das quase 6.000 pessoas que habitam os arredores do maciço e que foram evacuadas, uma dezena precisou passar outra noite em abrigos. A maioria dos evacuados estão alojados nas casas de amigos e familiares.
Dispersão
A nuvem de cinzas segue se dispersando para o leste, cobrindo as cidades argentinas na região patagônica da província de Neuquén e chegando até a capital, Buenos Aires, a 2.000 quilômetros de distância, onde algumas companhias aéreas cancelaram seus voos de e para os Estados Unidos e Europa.
Em Santiago, os voos domésticos estão operando normalmente, apesar de algumas companhias aéreas internacionais terem cancelado a chegada de suas aeronaves da Europa e dos Estados Unidos.
Em Montevidéu, três voos foram cancelados no aeroporto internacional de Carrasco, enquanto as autoridades convidaram a população a se proteger com máscaras em razão das cinzas que emanam do vulcão.
Vista do vulcão Calbuco de Porto Varas, no Chile, na última sexta-feira (24). Vulcão continua expelindo cinzas neste sábado (25) (Foto: Martin Bernetti/AFP)Vista do vulcão Calbuco de Porto Varas, no Chile, na última sexta-feira (24). Vulcão continua expelindo cinzas neste sábado (25) (Foto: Martin Bernetti/AFP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário