Loading...

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O uso da acupuntura no aumento do desempenho no atletismo

Acupuntura previne lesões e ajuda a melhorar o desempenho nas pistas

Tricampeã nacional nos 400m metros com barreira, a corredora Ana Paula Pereira, de 34 anos, já pratica o esporte há quase duas décadas. Recentemente, ela descobriu a acupuntura e melhorou seu desempenho."Meu corpo consegue se recuperar melhor de um treino para o outro desde que passei a utilizar a prática. Chegando mais inteira para o treinamento, ganhei força e melhorei meu desempenho", conta Ana, que faz uma sessão de acupuntura por semana.
Uma pesquisa divulgada na última semana revelou que a acupuntura estimula a liberação de substâncias bioquímicas que aliviam a fadiga atlética devido a exercícios intensivos de resistência. Além disso, os pesquisadores descobriram que a acupuntura aplicada em pontos específicos de acupuntura aumenta a atividade antioxidante e diminui os índices de estresse oxidativo.
Foto (Foto: Arquivo)
Durante este estudo, os atletas de resistência receberam eletroacupuntura nas pernas uma vez ao dia, durante 15 dias, por um período de 30 minutos. E os pesquisadores encontraram aumentos significativos na superóxido dismutase (SOD) e diminuições  no malondialdeído (MDA) sanguineo, nos atletas submetidos a prática de acupuntura. Superóxido dismutase é uma enzima que têm efeitos antioxidantes importantes e que protege as células contra a toxicidade, exercendo potentes respostas anti-inflamatórias no organismo. Além disso, a acupuntura aumentou com sucesso este importante agente bioquímico, na corrente sanguínea dos atletas.
“O malondialdeído (MDA) está associado a patologias inflamatórias e degenerativas como as doenças relacionadas com a idade, e do aparelho neuromuscular e locomotor. Os pesquisadores concluíram que a eletroacupuntura diminui os índices de MDA e aumenta a superóxido dismutase (SOD) em atletas submetidos a exercícios intensivos de resistência, o que pode contribuir aliviar a fadiga atlético e melhorar a performance física”, explica o coordenador do Programa de Pós-graduação do IBMTC – Instituto Brasileiro de Medicina Tradicional Chinesa e presidente da Associação Brasileira de Acupuntura do Rio de Janeiro (ABA-RJ), Dr. Márcio De Luna, fisioterapeuta e acupunturista há 29 anos. 

O uso da acupuntura no aumento do desempenho no atletismo

ZAFRA, L. F. G.
Artigo elaborado através do trabalho de conclusão de curso CETN - Bauru - 2011.
1. INTRODUÇÃO
Segundo Rosetto (2004) "A acupuntura surge como uma técnica de enorme eficácia na área de promoção e prevenção das capacidades físicas. As áreas que mais estão beneficiando desta técnica são a medicina esportiva e o da preparação de atletas".
Existem estudos em animais (Camundongos) que demonstram a ampliação do tempo de resistência em corrida decorrente da aplicação de acupuntura (estudo da Faculdade de Medicina Oriental de Seul, publicado na Neuroscience Letter em 2002) - Fonte: Rossetto, Suzete Coló, "Acupuntura nos Esportes", Phorte Editora, São Paulo, 2009.
Para cada tipo de esporte podemos estimular um grupo de pontos para melhorar o desempenho musculoarticular, trazendo ganhos na performance para o praticante e oferece também excelentes respostas analgésicas. Os estímulos devem ser incorporados na rotina semanal dos praticantes e também recebê-los no dia da competição. A aplicação prioriza o grupo muscular mais utilizado no esporte que o atleta pratica.
2. OBJETIVOSPesquisar e levantar dados sobre o desempenho dos atletas esportivos utilizando pontos de acupuntura melhorando resultados nas competições e treinamento.
Pesquisar os resultados observados com a mescla dos tratamentos.
3. MATERIAS E MÉTODOS
3.1 Técnica Utilizada
3.1.1 Pontos Sistêmicos
-Bexiga 58 (B58) - tonificando: Alivia dores, como lumbago (dor reumática na região lombar), problemas região sural (Tríceps Sural é um conjunto de músculos da região posterior da perna).
-Coração 7 (C7) - tonificando: Regula e fortalece o coração, tranquiliza a mente (shen) problemas cardíacos, distúrbios psíquicos, distúrbios do sono, elimina o medo.
-Estômago 36 (E36) - tonificando: Regula o estômago, fortalece baço, distúrbios gastrintestinais (digestão e vômitos), fortalece yang, nutre o sangue e o yin, em geral imunoestimulante e tonifica o CHI nos estados de fraqueza, tontura e alergias, tranqüiliza a mente (shen) nos estados de inquietação.
-Fígado 13 (F13) - tonificando: Mestre dos órgãos. Harmoniza fígado; fortalece Baço. Problemas gastrintestinais, dores hipocôndrio, lateral tórax, problemas quadril e coluna lombar (sobretudo nos movimentos rotatórios).
-Intestino Grosso 4 (IG 4) - tonificando: Regula a transpiração.
-Pulmão 9 (P9) - tonificando: Fonte do Pulmão. Fortalece o pulmão, regula e harmoniza os vasos e alivia dores no canal de energia musculotendíneo.
-Rim 3 (R3) - tonificando: Fonte do Rim. Fortalece a região lombar, problemas crônicos na coluna lombar, joelho e articulação de tornozelo.
-Triplo Aquecedor 15 (TA15): - tonificando: Influência nos movimentos do ombro, antebraço, punho e mãos.
-Vesícula Biliar 34 (VB34)- tonificando: Mestre dos Tendões. Beneficia os tendões e as articulações.
3.1.2. Pontos Auriculares-Ansiedade
-Neurastenia
-Baço
-Diafragma
-Figado
-Shen Men
-Outros pontos necessários no momento.
3.1.3. Magnetos
Utilizados magnetos nos pontos VB34, F13, E36, TA15.
3.2. Descrição dos Grupos
-GRUPO 1: Atleta 38 anos de idade, sexo masculino, treino duas vez por semana, percorrendo 10km, e não utilizou os pontos de acupuntura.
-GRUPO 2: Atleta 43 anos de idade, sexo masculino, treino duas vez por semana, percorrendo 10km, e utilizou pontos sistêmicos, sessões uma vez por semana, e pontos auriculares semi permanentes.
-GRUPO 3: Atleta 30 anos de idade, sexo feminino, treino duas vezes por semana, percorrendo 10 km, e utilizou pontos sistêmicos com sessões uma vez por semana e pontos auriculares semi permanentes associado com magnetos no dia anterior do treino e retirado após término do treino.
Em todos os grupos, após descanso, no dia posterior a corrida, os atletas receberam um questionário para avaliar o desempenho, capacidade física e mental.
4. RESULTADOS
4.1. Tempo dos Três Grupos sem Acupuntura

-Grupo 1: Tempo = 00:41:45
-Grupo 2: Tempo = 00:54:39
-Grupo 3: Tempo = 01:04:25
4.2.Tempo dos Três Grupos Utilizando a Técnica
1ª SEMANA
1º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:40:54
-Grupo 2: Tempo: 00:53:19
-Grupo 3: Tempo: 01:03:37
2º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:41:12
-Grupo 2: Tempo: 00:53:24
-Grupo 3: Tempo: 01:02:33
2ª SEMANA
3º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:40:41
-Grupo 2: Tempo: 00:52:48
-Grupo 3: Tempo: 01:01:39
4º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:40:11
-Grupo 2: Tempo: 00:51:36
-Grupo 3: Tempo: 00:59:41
3ª SEMANA
5º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:40:03
-Grupo 2: Tempo: 00:50:31
-Grupo 3: Tempo: 00:58:08
6º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:39:37
-Grupo 2: Tempo: 00:49:19
-Grupo 3: Tempo: 00:57:25
4ª SEMANA
7º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:39:21
-Grupo 2: Tempo: 00:48:34
-Grupo 3: Tempo: 00:56:53
8º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:55
-Grupo 2: Tempo: 00:47:49
-Grupo 3: Tempo: 00:56:15
5ª SEMANA
9º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:39:10
-Grupo 2: Tempo: 00:47:17
-Grupo 3: Tempo: 00:55:55
10º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:39:02
-Grupo 2: Tempo: 00:47:33
-Grupo 3: Tempo: 00:53:19
6ª SEMANA
11º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:39:12
-Grupo 2: Tempo: 00:47:22
-Grupo 3: Tempo: 00:53:15
12º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:51
-Grupo 2: Tempo: 00:46:02
-Grupo 3: Tempo: 00:52:11
7ª SEMANA
13º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:21
-Grupo 2: Tempo: 00:46:28
-Grupo 3: Tempo: 00:52:29
14º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:41
-Grupo 2: Tempo: 00:46:02
-Grupo 3: Tempo: 00:51:14
8ª SEMANA
15º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:33
-Grupo 2: Tempo: 00:46:28
-Grupo 3: Tempo: 00:50:55
16º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:12
-Grupo 2: Tempo: 00:46:02
-Grupo 3: Tempo: 00:51:14
9ª SEMANA
17º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:02
-Grupo 2: Tempo: 00:46:11
-Grupo 3: Tempo: 00:51:39
18º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:37:58
-Grupo 2: Tempo: 00:46:37
-Grupo 3: Tempo: 00:50:13
10ª SEMANA
19º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:37:45
-Grupo 2: Tempo: 00:46:17
-Grupo 3: Tempo: 00:50:33
20º Treino:
-Grupo 1: Tempo: 00:38:17
-Grupo 2: Tempo: 00:45:37
-Grupo 3: Tempo: 00:49:13
4.3. Participação da 8ª corrida da Cidade de Jaú, 10km.
-GRUPO 1: 5 º Lugar, classificação por idade, tempo 00: 38:34, Nelvito Cerqueira Silva, cidade de Jaú.
-GRUPO 2: 11º Lugar, classificação por idade, tempo 00: 45:17, Marco Roberto P. Silva. cidade de Jaú.
-GRUPO 3: 2º Lugar, classificação por idade, tempo 00: 47:30, Auri Cerqueira Zafra, cidade de Jaú.
5. CONCLUSÃO
O resultados acima demonstram que a acupuntura pode oferecer excelentes resultados para o ganho do aumento do desempenho no atletismo.
Além destas características do esporte, é preciso estar acompanhando o atleta e dando importância fundamental ao aspecto emocional, que é um fator importante na obtenção das metas para alcançar a vitória em qualquer esporte, representando uma relação entre os fatores da preparação física, como lesões e cansaço; e emocional como irritabilidade, náuseas e vômitos.
Conclui-se que a acupuntura é importante para o aumento do desempenho do atleta e diminuição da fadiga muscular.

Adaptado por Profa. Brena de O. B. Montanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário